É frequente que, quer os visitantes estrangeiros, quer os próprios portugueses, esqueçam a imensa diversidade que constitui este país. Diversidade ao nível climático, com características mediterrânicas no sul, continentais no interior norte e atlânticas no litoral; em consequência, diversidade ao nível da flora e da biodiversidade; diversidade geográfica, entre as planícies a sul, as montanhas a norte e as várzeas dos rios; diversidade cultural, com influências de romanos, povos germânicos, muçulmanos, judeus, etc.; a especificidade dos arquipélagos dos Açores e da Madeira; e ainda uma História rica, que trouxe a Portugal alimentos e condimentos de todas as partes do mundo. Tudo isto contribui para que a gastronomia tradicional portuguesa seja das mais ricas, diversificadas e saudáveis do mundo, comparável talvez à francesa.

Veja uma pequena lista de alguns pratos típicos da cozinha portuguesa, tão diferentes entre si.

Arroz de sarrabulho, lampreia à moda do Minho

No Minho explora-se ao máximo o potencial do porco e os produtos do rio que dá nome à antiga província.

Bacalhau à lagareiro com batatas a murro

Portugal é dos países do mundo com maior consumo de peixe per capita. As nossCodfish lagareiro with baked potatoesas receitas de bacalhau são desconhecidas nos países onde ele é abundante, como a Noruega ou a Terra Nova (Canadá). O bacalhau à lagareiro conta a história dos bacalhoeiros que permaneciam meses longe de casa, juntamente com o azeite tão típico da Europa mediterrânica.

Caldeirada de peixe, sardinha assada

As vilas piscatórias, como a Nazaré, Peniche, Sesimbra ou a Póvoa do Varzim, sabem tirar o melhor partido dos produtos do mar. A sardinha assada regada com azeite e comida sobre um pão é um petisco tradicional das festas de Santo António de Lisboa (em Junho).

Alheira de Mirandela

Judeus convertidos à força ao catolicismo criaram para simular o consumo de carne de porco, interdito pelos seus costumes.

Carne de porco à alentejana, açorda

No Alentejo, as pessoas aprendiam a cozinhar com o pouco que a terra dava. O resultado são pratos deliciosos e económicos.