Em Portugal, é possível visitar gratuitamente, no primeiro domingo de mês, um conjunto alargado de museus e monumentos. Veja agora algumas dicas de museus grátis.

“Arte Antiga”, Lisboa

O Museu Nacional de Arte Antiga expõe uma das maiores e mais valiosas colecções artísticas de Portugal. Inclui os célebres Painéis de S. Vicente, pintura de Nuno Gonçalves que expõe os altos dignitários da sociedade portuguesa do início dos Descobrimentos, e a Custódia de Belém, tesouro da ourivesaria portuguesa, que se crê ter sido feita por Gil Vicente. Mas apresenta também obras de autores internacionais, como Bosch, Dürer ou Rafael.

“Machado de Castro”, Coimbra

A cidMachado de Castroade dos estudantes apresenta um dos museus mais antigos do país, rivalizando com o de Arte Antiga em termos dos artefactos de pintura e escultura. O museu dá acesso a um “segredo” bem guardado; o criptopórtico romano, fórum da antiga cidade de Aeminium e que se encontra inteiramente preservado, por ter por cima de si o antigo palácio episcopal. Entulhado na Idade Média, o criptopórtico impressiona pela sua robustez arquitectónica e está aberto ao público desde 2009.

“Calouste Gulbenkian”, Lisboa

Gratuito todos os domingos, e não apenas no primeiro do mês, este museu apresenta o espólio artístico do homem de negócios arménio que se apaixonou pela capital portuguesa, pólo de paz durante a turbulência da Segunda Guerra Mundial. Gulbenkian conservou mais de seis mil artigos, desde vestígios arqueológicos clássicos até à pintura moderna, e doou o seu espólio a Lisboa, que até hoje o exibe no museu da fundação com o mesmo nome.

Existem vários outros exemplos de museus grátis ao domingo. Confira a lista seguinte e enriqueça os seus fins-de-semana:

  • Museu Nacional dos Coches, Lisboa
  • Museu Nacional do Azulejo, Lisboa
  • Museu Nacional Soares dos Reis, Porto
  • Palácio Nacional de Mafra
  • Panteão Nacional de Lisboa (que inclui nomes tão diversos como Almeida Garrett, Sophia de Mello Breyner, Amália Rodrigues e Eusébio)
  • Museu Nacional do Traje, Lisboa
  • Museu da Electricidade, Lisboa (grátis sempre)