Quando visita Portugal no pico do verão, poderá ter alguma dificuldade em refrescar-se. Este país possui algumas das melhores e mais bonitas praias da Europa, mas é bem possível que estejam todas superlotadas. Por isso, deixamos aqui um desafio: porque não visitar uma das muitas cascatas que Portugal tem para oferecer? Deste modo, poderá refrescar-se e ainda descobrir as belezas naturais do país. Para o ajudar na seleção do seu destino, fica aqui a lista das 5 melhores cascatas de Portugal:

Cascatas da Frecha da Mizarela

Estas cascatas localizam-se na Serra da Freita, no concelho de Arouca. Têm uma altitude de 75 metros e são alimentadas pelo rio Caima. A natureza nesta área encontra-se quase em estado puro, por isso prepare-se para ficar maravilhado. Para lá chegar, precisa de se aventurar pelos percurso do Geoparque de Arouca.

Quedas de água das Fisgas do Ermelo

Waterfalls of the Fisgas do ErmeloSão uma das maiores quedas de água da Europa e ficam perto de Mondim de Basto, fazendo parte do Parque Natural do Alvão. O trilho para chegar a estas quedas de água é bastante exigente a nível físico. Tem uma distância de 12,4 km e o ponto de partida é a aldeia de Ermelo.

Cascatas de Pitões das Júnias

Estas cascatas, alimentadas pelo ribeiro de Pitões, localizam-se na freguesia de Pitões das Júnias, no concelho de Montalegre. As quedas de água têm uma altura de 30 metros e para lá chegar só precisa de seguir um pequeno percurso de 600 metros, por um passadiço de madeira.

Cascata do Poço do Bacalhau

Esta queda de água, com quase 90 metros, fica em Fajã Grandes, na ilha das Flores. Para lá chegar, tem de iniciar o trilho no miradouro das Lagoas Negra e Comprida.

Cascata da Caldeira Velha

Esta cascata de água quente fica na Ribeira Grande, na ilha de São Miguel. É muito visitada, pelas suas águas quentes, fazendo parte da reserva da Biosfera.